RG Pneus e Recapagem Revenda Oficial Pirelli

Notícias

Reforma pode aumentar a vida útil dos Pneus

Vale a pena reformar os pneus de um caminhão? A Associação Brasileira do Segmento de Reforma de Pneus (ABR) afirma que sim. Ao permitir que um veículo de carga rode mais tempo com os mesmos pneus, preservando suas condições de rodagem, as empresas de recapagem proporcionam uma grande economia.
O pneu reformado, de acordo com Carlos Thomaz, assessor técnico da ABR, custa apenas 40% do valor de um pneu novo. Além da diferença de preço, o reformado oferece rendimento quilométrico tão bom ou até melhor do que um novo.

Dados da ABR confirmam que o pneu está entre o segundo e o terceiro custo do transporte rodoviário no Brasil. Atualmente, dois terços dos pneus de carga em uso são reformadas, e a reposição chega a mais de 7,6 milhões de unidades da linha caminhão/ônibus, proporcionando uma economia de R$ 5,6 bilhões por ano ao setor de transportes.

Especialistas garantem que os pneus reformados proporcionam a mesma durabilidade que a de um novo, as vezes até maior. “Isso acontece porque o pneu passou por um processo inicial de estabilização”, explica Thomaz.

Na prática da reforma de pneus, o Brasil é o segundo país só ranking, perdendo apenas para os EUA. Ao todo no país, aproximadamente,são 1300 reformadoras e 18 fornecedores de matéria-prima, sendo 15 nacionais e três multinacionais. Mesmo com os benefícios da reforma, é muito comum encontrar caminhões com pneus absolutamente desgastados pelo uso excessivo. “O perigo proporcionado pela falta de manutenção é enorme. O motorista corre o risco de perder o controle, e somente o impacto da explosão e a velocidade dos fragmentos da bandagem projetados em diversas direções já são capazes de matar uma pessoa”, argumenta o assessor técnico da ABR.

Segundo ele, um dos principais pontos que devem ser abordados na checagem de durabilidade é o desgaste máximo do pneu, que é de 1.6mm de profundidade dos sulcos. Abaixo dessa medida o pneu é considerado “careca”. Quando o pneu se encontra nessa situação, aumenta a probabilidade de derrapagens laterais, mesmo em pista seca, o espaço necessário para frenagem aumenta, não há drenagem adequada de água, causando grande instabilidade em pistas molhadas e os riscos de furos e cortes na banda de rodagem aumentam.

Meio Ambiente

Um pneu leva 400 anos para se decompor na natureza. Por isso a reforma de pneus é uma prática recomendada e ecologicamente correta, que supre o mercado consumidor sem agredir o meio ambiente, poupando recursos naturais não renováveis. O pneu remodelado utiliza 2,3 vezes menos energia para ser fabricado e 1,4 vezes menos recursos do que o tradicional em sua fabricação. As emissões atmosféricas, a poluição da água, as quantidades de sobrecarga e os resíduos produzidos são bem menores do que em pneus tradicionais, reduzindo o impacto ambiental.

Não perca mais tempo!

Entre em contato agora mesmo e solicite o seu orçamento.

Rua Sacramento – 420 – B. Feixos
João Monlevade – MG
E-mail: adm-reformadora@gruporgpneus.com.br
Tel..: (31) 3852-8823

 

 

 

 

 

Fonte: http://www.consystem.com.br/newsletter/mar2014_reforma-pneus.htm


 

 

< VOLTAR

 


Rua Sacramento – 320 – B. Feixos - João Monlevade – MG - Tel.: (31)3851-2200 - E-mail: posvenda@gruporgpneus.com.br / atacado@gruporgpneus.com.br
Copyright ©2011 - RG PNEUS - Todos os Direitos Reservados
Administração    WebmailIntranet

 

Conheça as empresas coligadas

Lubrificantes Longana   Posto Art   Posto Barrocar   Posto Longana   Posto Longana II   Posto Recreio